photo 14237633_722014941270403_5199988319593368344_n_zpssnop4jmm.jpg

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

A Secretaria da Fazenda de Santiago, em parceria com a empresa Infisc, lançou na noite da última quarta-feira (26), o Cupom Fiscal de Serviços Eletrônico (CFS-e), com objetivo de reduzir custos e agilizar processos na emissão de notas fiscais. A solenidade foi no Clube União, durante a 4ª edição de premiação do Selo de Responsabilidade Fiscal, certificado concedido às empresas que mais emitem Nota Fiscal no município. O secretário municipal Sérgio Perufo destacou a importância do CFS-e, falando de seus benefícios. "As vantagens para o empresário com a implantação do sistema de emissão de Cupom de Serviços Eletrônicos são a agilidade na emissão de notas, bem como a economia que terá, com efetiva redução de custos, somado à organização no recolhimento do tributo", afirma.
Processo simples e rápido
Proprietário da Ponto Cópias, empresa piloto do sistema de Cupom Fiscal de Serviços Eletrônico, Eduardo Zolin, conta que está com excelentes expectativas com a implantação e utilização da ferramenta. “Esperamos diminuir custos com a emissão do cupom. Também teremos economia de tempo ao contar com um processo mais simples e rápido, não prendendo o cliente no caixa”, enfatiza.
O CFS-e
Com intuito de manter os empresários locais bem informados sobre o Cupom Fiscal de Serviços Eletrônico, a empresa Infisc, desenvolvedora da ferramenta, realizou uma exposição do novo sistema. Com a apresentação, os presentes ficaram cientes do conceito, utilidade, funcionalidades, e vantagens do CFS-e, além de assistirem a uma demonstração de como realizar o credenciamento no site da Prefeitura. A nova ferramenta acrescenta funcionalidades ao já implantado sistema de emissão de Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e), também desenvolvido e administrado pela Infisc.
O CFS-e possibilita a emissão, muito rápida, de cupons fiscais, normalmente de baixo valor, em geral emitidos por profissionais autônomos, ou em lojas de cópias, academias, salões de beleza, estacionamentos, entre outros. O objetivo é reduzir custos e agilizar processos. O CFS-e pode ser emitido pelo próprio prestador de serviços a partir da implantação de um software, disponibilizado pelo município, que pode ser impresso com qualquer impressora, ou ser enviado via e-mail para o cliente, se este solicitar. A impressão pode ser feita, inclusive em impressoras térmicas que provocam baixíssimos custos, até mesmo na manutenção.
Os contribuintes que por algum motivo optarem por não instalar o software, terão a opção de emitir seus Cupons Fiscais de Serviços Eletrônico no portal web da Prefeitura, para depois imprimir. A emissão dos Cupons Fiscais de Serviços Eletrônico pode ser feita, ainda, por um aplicativo mobile, para dispositivos móveis (celulares e tablets) com sistema android.


Foto e link total de:http://www.santiago.rs.gov.br/noticia/3248/31-10-2016/tecnologia-cupom-fiscal-de-servicos-eletronico-moderniza-comercio-em-santiago
Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

SIGA-NOS AQUI EM E-MAIL ADDRESS

1º TOP 10 DA NOVA! 2º TOP 10 DA NOVA! 3º TOP 10 DA NOVA! 4º TOP 10 DA NOVA! 5º TOP 10 DA NOVA! 6º TOP 10 DA NOVA! 7º TOP 10 DA NOVA! 8º TOP 10 DA NOVA! 9º TOP 10 DA NOVA! 10º TOP 10 DA NOVA!

MAIS LIDAS DA NOVA99FM

EQUIPE NOVA99FM
 photo anigif_zpstmf9c7vr.gif