photo 14237633_722014941270403_5199988319593368344_n_zpssnop4jmm.jpg

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

A Secretaria da Fazenda do município promoveu nesta terça, 29, audiência pública para apresentação da Lei Orçamentária Anual 2017. Ficou definido que a despesa fixada será de R$ 140 milhões, que será distribuída entre as secretárias municipais e Câmara de Vereadores com os seguintes repasses:
  • Câmara de Vereadores- R$ 3.000.000,00(O que representa 2,14 % do orçamento)
  • Gabinete do prefeito- R$ 1.477.437,00 (1,06%)
  • Secretaria de Gestão- R$ 3.934.775,00 (2,81%)
  • Sec. Gestão- Faps- R$ 26.739.439.430,00 (19,10%)
  • Sec. Indústria, Comércio e Turismo- R$ 2.450.262,00 (1,75%)
  • Secretaria de Saúde- R$ 23.633.431,00 (16,88%)
  • Secretaria de Planejamento- R$ 984.900,00 (0,70%)
  • Secretaria de Agricultura e Pecuária- R$ 5.198.954,00 (3,71%)
  • Secretaria da Fazenda- R$ 3.013.300,00 (2,15%)
  • Sec.Faz (encargos especiais)- R$ 3.920.040,00
  • Secretaria de Obras- R$ 21.952.266,00 (15,68%)
  • Secretaria de Educação e Cultura- R$ 36.669.636,00 (26,19%)
  • Procuradoria Jurídica- R$ 476.070,00 (0,34%)
  • Secretaria de Desenvolvimento Social- R$ 4.831.880,00 (3,45%)
  • Meio Ambiente- R$ 1.686.046,00 (1,20%)
  • Reserva de contingência- R$ 31.573,00 (0,02%)
Limite de pessoalA despesa de pessoal do Poder Executivo está orçada em R$ 51.235.481,63, o que representa 49,49% do orçamento, estando abaixo do limite de 51% previsto pela Lei. Já o Poder Executivo tem a sua despesa de pessoal em R$ 2.195.000,00, o que representa R$ 2,12% do orçamento total do município.
Receitas próprias
Santiago está muito bem de receitas próprias. A estimativa é de que em 2017 o total arrecadado seja de R$ 21.599.290, o que representa 26,34% da receita tributária total, superando a média de muitos municípios da região e de mesmo porte, que gira em torno de 12%.
Percentual de gastosNo tanto de investimentos a serem executados pela Administração Municipal no próximo ano, ficou definido os percentuais estimados de 28,79% na Educação (o mínimo é 25%) e 18,41% na Saúde (o mínimo é 15%).
Sem dívidasO secretário municipal Sérgio Perufo ressalta que a atual administração municipal está sendo concluída sem deixar dívidas. Ele ressalta que todos as aquisições de máquinas e financiamentos foram pagas dentro da programação e a próxima gestão só dará continuidade no pagamento de INSS e Faps, que são negociações que já vem de longa data.


Foto e link total de:http://www.santiago.rs.gov.br/noticia/3306/29-11-2016/audiencia-publica-apresenta-os-valores-do-orcamento-para-2017
Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

SIGA-NOS AQUI EM E-MAIL ADDRESS

1º TOP 10 DA NOVA! 2º TOP 10 DA NOVA! 3º TOP 10 DA NOVA! 4º TOP 10 DA NOVA! 5º TOP 10 DA NOVA! 6º TOP 10 DA NOVA! 7º TOP 10 DA NOVA! 8º TOP 10 DA NOVA! 9º TOP 10 DA NOVA! 10º TOP 10 DA NOVA!

MAIS LIDAS DA NOVA99FM

EQUIPE NOVA99FM
 photo anigif_zpstmf9c7vr.gif